SPUrbanuss

ENTREVISTA: São Paulo terá ônibus com espaço para bagagens e agentes de bordo em linha do aeroporto de Congonhas, diz Edson Caram

14/02/2020

ENTREVISTA: São Paulo terá ônibus com espaço para bagagens e agentes de bordo em linha do aeroporto de Congonhas, diz Edson Caram

Tarifa será de R$ 4,40. Serviço começa neste domingo, 16. Haverá também atendente de bordo. Trajeto faz ligação até linha 1-Azul do Metrô

Fonte: Diário do Transporte 

 

Veículos têm piso baixo para facilitar acesso


Adamo Bazani

O sistema de ônibus municipais de São Paulo terá a partir deste domingo, 16 de fevereiro de 2020, um serviço diferenciado entre o Aeroporto de Congonhas e a estação São Judas, da linha 1-Azul do Metrô, ambos locais na zona Sul

Para isso, será requalificado o atendimento da linha 609J/10 – Aeroporto – Metrô São Judas, operada pela empresa MobiBrasil e gerenciada pela SPTrans – São Paulo Transporte.

A tarifa continua sendo a mesma de todo o sistema: R$ 4,40.

Uma das novidades é que os ônibus não terão catracas.

O secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Edson Caram, disse em entrevista ao Diário do Transporte que os coletivos terão agentes de bordo que, além de cobrarem a passagem, vão auxiliar os passageiros com bagagens e informações.

“Esse agente vai estar nos ônibus para atender melhor o passageiro do sistema” – disse

A linha terá coletivos com piso baixo, motor traseiro e espaço para bagagens para facilitar o deslocamento de quem vai viajar ou está chegando de viagem com malas.

Estes ônibus vão substituir os atuais veículos da linha que possuem motor dianteiro e piso alto (com degraus), o que dificulta o acesso de quem está com bagagem.

Caram disse ainda que a estimativa é de aumento de demanda na linha e que mais serviços semelhantes podem ser criados na cidade em outras rotas.

“Com essa inovação, a tendência é de aumento de passageiros porque haverá uma condição melhor de transporte. Será uma tarifa muito mais reduzida em relação a qualquer outro tipo de serviço. O passageiro vai num ônibus confortável, sem problemas com a bagagem. É um serviço de excelência e se der certo, a ideia é espalhar mais serviços deste pela cidade” – afirmou o secretário.
 

Um dos espaços de bagagem

Ar-condicionado, sinal de wi-fi, carregadores USB para celulares e notebook, vidros colados, suspensão a ar, transmissão automática, rampas para pessoas com dificuldade de locomoção e espaços para cão guia e cadeiras de rodas estão entre os itens dos ônibus que já são exigidos na frota classificada pela SPTrans como “padron”.

O ponto fica no piso inferior do aeroporto, na área de desembarque (Plataforma B), perto de onde param os carros de aplicativo e os ônibus executivos. Já no Metrô São Judas, o embarque é em frente à estação.

Segundo nota da empresa MobiBrasil, “o intervalo médio de oito minutos entre partidas e horários de operação nos dias úteis das 04h20 às 23h40 e, aos sábados e domingos, das 05h20 às 23h40.”

Ainda de acordo com o secretário Edson Caram, haverá informações sobre a linha já dentro do aeroporto.

“Nós vamos ter vídeos em 50 totens dentro do próprio aeroporto, adesivos espalhados em 30 locais, painel com uma saída específica para pegar o ônibus, painel junto ao ponto de embarque, adesivos em 200 carrinhos de mala, distribuição de panfletos e os banners na própria estação São Judas do Metrô” – explicou Caram.
 

Aeroporto recebeu banners e divulgaõpes sobre linha

Em 11 de outubro de 2019, o Diário do Transporte constatou a dificuldade de quem depende de aplicativos de transportes, como Uber e 99, no aeroporto em vésperas de feriado e horários de pico. Em dias de chuva ou qualquer alteração no trânsito, a situação de quem usa aplicativo também se complica devido aos altos preços das tarifas dinâmicas e constantes cancelamentos dos motoristas dos apps.

Na ocisão, a reportagem para seguir do Aeroporto para Santo André, no ABC, usou o ônibus da linha 609J/10, o Metrô e a CPTM. O trajeto foi rápido, barato e confiável, mas na ocasião, nem o coletivo e nem as estações ofereciam condições ideais para quem está com malas.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/10/14/cronica-a-farsa-da-confiabilidade-dos-aplicativos-de-transporte-individual/

 

O SINDICATO

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo – SPUrbanuss é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que congrega as empresas concessionárias responsáveis pelos serviços de transporte de passageiros por ônibus do Município de São Paulo.

CONTATE-NOS

Rua Helena, 218 - 11º Andar
São Paulo - SP
CEP: 04552-050

Fone: 5186-5500